Churrasco : 5 dicas de como fazer umno próximo evento comemorativo

Unanimidade nacional, o churrasco se tornou uma de nossas maiores tradições. Além de muito saboroso, é uma ótima alternativa para reunir os amigos e a família para um evento comemorativo, afinal, ele virou sinônimo de festa e confraternização.

Feito na grelha ou no espeto, o churrasco contempla inúmeras possibilidades, como carnes bovinas, suínas, de frango, de peixes e até animais exóticos. Além disso, já podemos encontrar também opções vegetarianas com abóbora, berinjela, queijos e o famoso pão de alho.

A escolha da carne, o tempero e a forma de preparar, bem como os acompanhamentos e a decoração do local, é o fazem o evento ficar ainda mais especial.

Mas se quiser fugir do convencional no próximo evento comemorativo, vá tomando nota! Preparamos 5 dicas para deixar tudo preparado e também você aprender como fazer um churrasco diferenciado!

1. Pense no local e na decoração

Primeiramente é preciso determinar um local. O ideal, antes de qualquer coisa, é que a fumaça possa ser dissipada sem incomodar as pessoas presentes.

Na hora de arrumar o espaço, disponha mesas e cadeiras de maneira despojada, criando uma espécie de longe com sofás e poltronas espalhadas. Também é importante montar mesas de apoio para que os convidados possam circular à vontade e deixar copos e pratos, por exemplo.

Decore a mesa lembrando de abusar das cores das louças e, se possível, até personalizar alguns itens. Não há nada mais delicado do que essa preocupação de fazer com que o convidado se sinta especial. Uma boa dica é espalhar pequenas lousas com o cardápio e plaquinhas com os nomes de cada um em cima dos pratos.

E não esqueça que os itens sustentáveis estão em alta! Eles podem dar um toque a mais em qualquer mesa, como latas pintadas à mão, que podem ser reaproveitadas como vasos, e guardanapos de pano com estampas variadas.

2. Escolha bem as bebidas

Nenhum churrasco começa sem as bebidas, por isso, o ideal é deixá-las em lugares acessíveis e à vista dos convidados, para que eles mesmo possam se servir, enquanto esperam pelo principal.

Além da cerveja e de uma boa caipirinha, pense em opções divertidas e inusitadas, como as próprias cervejas artesanais e drinks fáceis de montar em jarras, como o clericot, feito com frutas da estação.

Para agradar quem não consome bebidas alcoólicas, lembre-se de servir sucos de fruta, refrigerantes e bastante água para manter todos hidratados.

E não esqueça: bebida quente nem pensar! Coloque as escolhidas no freezer ou na geladeira e disponha recipientes com gelo, que deve estar sempre abastecido. Também importante calcular de forma correta as quantidades, para não deixar ninguém com sede.

3. Separe as melhores carnes

Antes de se consagrar na grelha, o bom churrasqueiro deve saber escolher os ingredientes principais: as carnes que serão assadas.

Evite carnes com a gordura na cor amarela-escura, pois costumam ser de animais mais velhos. Opte por embalagens que não tenham acúmulo de líquido no fundo, pois podem ressecar com mais facilidade.

Dentre as opções dos cortes, é difícil fugir da grande paixão do brasileiro: a picanha. Mas o ideal é que cada peça não passe de um quilo.

Se quiser fugir das triviais alcatra, fraldinha e maminha, vale investir em cortes diferenciados como argentinos e uruguaios: bife de chorizo, ojo de bife e bife ancho são boas pedidas.

Outra possibilidade deliciosa e até mais refinada é o carré de cordeiro: limpe bem o osso para ficar mais bonito e tempere apenas com pimenta do reino e sal grosso. Cada porção fica no tamanho ideal para uma pessoa e o melhor é que dá para comer com as mãos.

Se quiser seguir na linha de servir os convidados de forma prática, as coxas e asinhas de frango são ideais. Para caprichar no preparo, deixe as peças marinando em alho, leite de coco, mostarda dijon, vinho branco ou outro tempero de sua preferência. Impressione!

Para incluir a carne de porco, o mais importante é que ela deve estar bem cozida. Pernil e picanha têm preços acessíveis e só precisam de um toque de limão para fazerem sucesso. Já a costela deve ser assada em papel-alumínio, para cozinhar lentamente até a carne soltar do osso, e finalizada com bastante barbecue.

E por que não arriscar servindo um belo peixe assado? É muito fácil de preparar, saboroso e ainda uma opção light. Lembre-se de escolher peças frescas. A sardinha pode ser preparada inteira, mas anchova, truta, dourado e salmão devem ser bem limpos pelo peixeiro e cortados de maneira espalmada. Unte bem os filés com azeite, para não grudar na grelha, e tempere com ervas frescas como tomilho e alecrim.

Apesar de todas essas dicas, é fundamental que tenha sempre uma pessoa encarregada dessa parte. Se não for você mesmo e não tiver nenhum amigo com esse dom, não tenha dúvidas: contrate um churrasqueiro!

4. Vá além da carne

Entradas e acompanhamentos são essenciais para tornar qualquer churrasco um verdadeiro evento. Por isso, não caia no erro de só se preocupar com as carnes.

Escolha entradas simples e pouco gordurosas, como empanadas argentinas de carne ou ainda linguiças artesanais.

As empanadas são sequinhas e bem temperadas, ótimas para beliscar e deixar os convidados à vontade logo de cara. Já as linguiças são fáceis de preparar e podem ser servidas com vários molhos tipo chimichurri e pesto.

Para os acompanhamentos, é importante não ficar só nos tradicionais arroz e farofa. Queijo coalho e vinagrete agradam a maioria dos paladares e são simples de fazer. Sirva também opções com batatas, como as laminadas fritas com um toque de azeite trufado. Uma delícia!

E, é claro, não esqueça da sobremesa. A melhor escolha é algo leve e gelado, para contrastar com as carnes: sorvete de baunilha acompanhado de bananas assadas na grelha; creme de papaia; mousses de chocolate e maracujá. Todas são ótimas opções.

5. Contemple os vegetarianos

Não deixe aqueles amigos vegetarianos fora da diversão! Opções com legumes são saudáveis, fáceis de preparar e ainda podem servir acompanhamento para os demais convidados.

Espetinhos de legumes (abobrinha, batata, cebola, tomate e pimentão) necessitam apenas de sal, pimenta do reino e azeite e funcionam muito bem. Mas, se quiser fugir deles, algumas ideias são o carpaccio de tomate caqui com fatias de queijo brie ou ainda queijo provolone com tomate e orégano.

Para quem quiser inovar, enrole o palmito pupunha no papel laminado e coloque na brasa por meia hora. Após retirar, finalize com uma pitada de sal e um pouco de manteiga. Quase derrete na boca!

E para garantir a diversão e a animação em qualquer churrasco, não esqueça do som ambiente. Prepare sua playlist e comece a convidar todo mundo!

Aprendeu como fazer um churrasco sensacional no seu próximo evento?

Então, deixe um comentário neste artigo para compartilhar sua experiência com a gente.

Entre no nosso site e confira os menus de churrasco