COMO MONTAR UMA JARDINEIRA DE ERVAS AROMÁTICAS

JARDINEIRA DE ERVAS AROMÁTICAS

Com pouco espaço é possível montar uma jardineira de ervas aromáticas e ter sempre à mão temperos frescos para os alimentos ou para o chá:

Lista de itens:

  • 1 vaso grande ou uma jardineira com drenos
  • seixos rolados
  • terra

Algumas dicas:

  • Adube a cada 3 meses
  • Regue frequentemente sem encharcar, preferencialmente na manhã
  • Observe pragas e use inseticidas naturais (por exemplo: calda de fumo ou calda de sabão)
  • Plante ervas perenes em conjunto com ervas de estação
  • Mantenha as ervas na luz ao menos algumas horas por dia
  • Retire folhas velhas, amareladas e secas

Alecrim

Resistente, o alecrim é usado para temperar carnes ou legumes. Desenvolve-se em ambientes ensolarados. Use terra comum. Para obter novas mudas, basta cortar um galho e plantar em solo úmido.

Cebolinha verde

Saborosa, a cebolinha (Allium schoenoprasum) é uma planta bulbosa similar ao alho e à cebola. Muito apreciada em variadas receitas. Pode ser plantada em pequenos vasos e você pode aproveitar as mudinhas da feira para plantar, plantando os toquinhos com um pouco da raiz. Mantenha o vazo com solo fértil.

Coentro

De sabor marcante, o coentro (Coriandrum sativum), também conhecido como salsa chinesa, é um tempero usado em pratos à base de peixe ou em pó para carnes assadas. É facilmente plantado com sementes em vasos férteis e em locais com muito sol.

Hortelã

Há várias espécies. As mais comuns são a Mentha crispa (folhas verdes escuras e crespas) ou a Mentha Spicata (verde mais claro e folhas lisas). De uso variado, desde sucos, sobremesas e pratos. Gostam de ambientes ensolarados. Na primavera renove sua terra e faça novas mudas com os próprios galhos.

Manjericão

Conhecido também como alfavaca ou basílico (família Ocimum) suas folhas são usadas amplamente utilizada na culinária. Pode chegar até 60 cm de altura, devendo ser plantado em vasos com no mínimo 20 cm de diâmetro. Gosta muito do sol e se crescer muito, você deve podar para ativar novas brotações fazendo-a ficar mais cheia. As novas mudas podem ser obtidas com estacas de galhos.

Orégano

O Orégano (Origanum virens) é originário do Mediterrâneo e é amplamente usada na culinária. Prefere ambientes ensolarados e seu solo deve ser leve e arenoso e com boa drenagem. Para usá-las, recomenda-se o corte dos galhos e logo surgirão novos brotos que vão deixar a plantinha mais densa. Renove uma vez ao ano o solo do vaso, com uma mistura fértil.

Salsa

A salsa ou salsinha (Petroselinum sativum) tem origem na Europa e é muito aromática. Esta erva é muito popular no Brasil, pois é usada em variadas composições de pratos salgados como carnes, saladas e tortas. Para cultivar é fácil: semeie o vaso próximo a uma janela iluminada.

Sálvia

A sálvia (Salvia officinalis) atinge até 40 cm de altura. Utilizada para peixes, carnes ou cozidos. Gosta muito de ambientes ensolarados e é facilmente multiplicada ao replantar seus galhos.

Tomilho

Conhecido também pelo nome Timo (Thymus vulgaris) é muito apreciado em pratos à base de peixe ou carnes. Atinge até 30 cm de altura. Recomenda-se colher seus ramos aveludados depois da planta atingir dois anos. Gosta de ambientes ensolarados, solos leves e arenosos.

As ervas e temperos além de serem úteis na cozinha, proporcionam ao ambiente uma decoração com toque moderno. Você pode usá-las tanto em ambientes como em paredes.

Esperamos que tenha gostado destas dicas.

Voce tem uma horta ou jardineira? Comente!