Tipos de serviços de mesa: conheça cada um e acerta na escolha

Independentemente do porte do evento, seu maior objetivo é impressionar e conquistar os convidados, certo?  Seja ele organizado em casa, com uma estética mais intimista, ou em um espaço gourmet, especialmente planejado para comemorações maiores, cada detalhe deve ser pensado cuidadosamente, sobretudo a escolha dos tipos de serviços de mesa.

Isso porque, além da necessidade de decidir as comidas que serão servidas, também é essencial escolher o modo de serví-las. Foi justamente pensando em lhe ajudar a executar essa tarefa com mais facilidade que elaboramos este conteúdo.

Nele, você vai conhecer cada tipo de serviço e decidir por aquele que melhor se encaixa para sua recepção. Continue a leitura e descubra.

Quais os tipos de serviços de mesa existentes?

Os tipos de serviços de mesa referem-se à maneira como os pratos serão servidos aos convidados. A escolha do mais indicado depende do estilo do seu evento, da ocasião e do clima que pretende transmitir aos presentes.

Veja agora os mais utilizados e encontre aquele que vai ao encontro do que está planejando.

Finger food

Traduzido ao pé da letra, o termo finger food significa “comer com os dedos”. O conceito por trás desse tipo de serviço de mesa consiste em servir pequenas porções de comidas, que podem ser ingeridas em apenas uma ou duas mordidas.

Ou seja, qualquer prato oferecido em miniporções, como em copinhos, potinhos, pratinhos, palitinhos e afins, de modo que os convidados consigam comer mesmo em pé, sem dificuldades.

Como a proposta desse serviço é a praticidade, não é necessário preparar mesas completas com pratos e talheres. Entretanto, é importante saber em quais ocasiões oferecer esse tipo de cardápio. Uma festa informal, com poucos convidados, pode ter menu inteiramente planejado no estilo. Contudo, para eventos mais tradicionais, o ideal é restringir esse tipo de serviço para as entradas.

Coquetel

Outro tipo de serviço que também ganha pontos pela simplicidade e praticidade é o coquetel. Nele, não existe a necessidade de organizar mesas completas ou mesmo cadeiras, apenas algumas poltronas ou sofás para acomodar os participantes mais velhos e as crianças.

O objetivo é deixar que as pessoas circulem livremente por todo o espaço do evento, aproveitando as comidas — que podem muito bem ser servidas no estilo finger food — e as bebidas enquanto conversam. Esse tipo de serviço, geralmente, dura cerca de 3 horas.

Empratado

Indicado para festas mais formais, o empratado é um dos tipos de serviços de mesa mais demorados de serem organizados. Costuma ser bastante usado por restaurantes à la carte, no qual os pratos são servidos prontos aos convidados que esperam sentados em suas respectivas mesas.

Para planejar um evento nesse estilo, o principal é disponibilizar em cada mesa um cardápio com, no mínimo, duas opções de pratos para a entrada, para o principal e para a sobremesa. Dessa forma, os participantes poderão escolher o que desejam comer e esperar a chegada da refeição na comodidade de seus assentos.

Contudo, para que esse tipo de serviço seja um sucesso, é crucial contar com uma equipe de cozinha organizada e competente, a fim de evitar erros nos pedidos e atrasos na entrega dos pratos. O ideal é que todos possam aproveitar suas refeições com o mínimo de espera possível.

À francesa

Mais um estilo de serviço de mesa que combina muito bem com eventos que exigem certa formalidade ou requinte, como casamentos ou bodas.

Parecido com o serviço empratado, sua única diferença é que não há um cardápio no qual os convidados possam escolher o que comer. Aqui, os pratos já pré-definidos — duas entradas, prato principal e sobremesa — e servidos aos participantes ordenadamente.

Além disso, os garçons não entregam as refeições em pratos individuais: a comida é servida em travessas dispostas sobre as mesas para que todos sentados à sua volta possam pegar a quantidade que desejarem com tranquilidade.

Vale destacar que a equipe deve ser altamente treinada e contratada em quantidade suficiente para evitar atrasos.

Conforme citamos acima, os pratos são servidos na ordem: primeiro as duas entradas, depois os principais e em seguida as sobremesas e todas as louças e utensílios precisam ser trocados ao final de cada um.

Outra grande característica do serviço à francesa é a sua etiqueta clássica em que a disposição dos pratos é feita pela esquerda e a retirada pela direita, sem que haja contato físico com os convidados ou com a mesa.

Volante

Parecidos com o serviço finger food e coquetel, o volante é, sem dúvidas, um dos serviços de mesa mais modernos e práticos atualmente.

Seu conceito se baseia em permitir que os convidados fiquem de pé, livres para circular por todo o local e socializar. Nesse contexto, os garçons também circulam entre os participantes, servido as comidas e bebidas em porções que possam ser ingeridas sem a utilização de talheres.

Sendo assim, trata-se de um estilo de serviço perfeito para eventos como degustação de cardápio ou reuniões mais intimistas.

Buffet

Por mais que a palavra buffet tenha se popularizado no vocabulário brasileiro, seu nome formal é serviço à americana.

De modo geral, todos já conhecemos seu modo de funcionamento: em eventos, os pratos principais, entradas e sobremesas são dispostos em uma grande mesa, juntamente com os pratos e talheres para que os próprios convidados possam se servir como quiserem.

É um estilo de serviço que se adequa muito bem a festas informais, como almoços de aniversário ou confraternizações de fim de ano. Também é uma ótima opção caso o orçamento de produção do evento esteja limitado, afinal, é um serviço que não exige a contratação de garçons.

Também é bom ressaltar que, apesar de se referir a uma organização mais simples, isso não significa que o buffet não possua suas etiquetas: o cardápio deve ser bem diversificado, desde as entradas até as sobremesas, as louças dispostas em formato de ilhas e organizadas por aparadores. Essa é uma forma de otimizar a circulação e reposição dos alimentos e utensílios.

Como você pode notar, todos os tipos de serviços de mesa citados aqui se encaixam em diferentes tipos de evento. Aqueles que exigem a preparação de mesas completas e a contratação de uma equipe diferenciada são ótimos para jantares formais, ao contrário dos coquetéis, por exemplo.

Para decidir qual deles será mais bem aproveitado em seu evento basta definir, primeiramente, o estilo da sua festa.

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe este post em suas redes sociais e mostre aos seus amigos que você sabe tudo sobre o assunto!